11.4.14

Estamos noivos!

3 comentários

Sim, estamos noivos! E vamos nos casar este ano, no dia em que completaremos 12 anos de namoro. Tão lindo isso, né? Ainda estou na dúvida se venho aqui falar de casamento de vez em quando (acho que vou deixar vocês meio cansadas desse tema, hehehe) ou se fico de bico calado.

E aí? Conto mais ou não conto?

Beijo nas bochechas!

14.1.14

Roteiro de 7 dias em Nova York

3 comentários
Se você está pensando em passar uma semaninha em Nova York, faz um favor? Me leva junto? Ver as fotos da viagem chega a encher meus olhos d’água, de tão boa que foi.

Alguns passeios são imperdíveis. Central Park, Times Square e o topo de um dos grandes edifícios são figurinhas-chave em qualquer roteiro. Mas aqui vou falar do que nós fizemos e que foi muito legal.


Dia 1

Times Square
Imagina uma rua lotada o tempo inteiro, com gente bem vestida, bebericando café em copos de papel e atravessando a rua apressada? Agora imagina que essa rua tem tantos, mas tantos letreiros luminosos que, às 10 da noite, parece que tem sol no céu ainda? Bem-vindo, você está na Times Square. Tem tanta propaganda rolando naqueles telões que a gente fica meio perdido na hora de tirar foto. Mas é um lugar maravilhoso para sua ficha cair e você pensar: caramba, eu REALMENTE estou em Nova York!
Isso sem contar todas as lojas fantásticas que tem por lá, que ficam abertas até de madrugada. Forever 21, Sephora, Mac, Oakley, M&M’s, Hersheys, Tos R Us, Disney... Esbalde-se!

Dia 2

Estátua da Liberdade (foto)
Sim, ela é pequena mesmo. Na verdade, ela é até maior que o nosso Cristo Redentor, mas em todo filme Hollywoodiano ela parece ser tão gigantesca que é normal você olhar e pensar: “é só isso?”. Se você tiver o sonho de vê-la de pertinho, vale a pena pagar o passeio que te leva até a ilha onde ela fica. Nós fomos no ferry boat que liga Manhattan a Staten Island: é de graça e rapidinho você vai se um ponto a outro, retornando no próximo ferry.

Wall Street
Todo mundo já ouviu falar da famosa rua da bolsa de valores. Mas, posso dizer? Não tem muita graça. É uma rua onde não passa carro, com prédios muito bonitos e imponentes, e só. O mais legal da Wall Street não fica em Wall Street (rá!): é o Charging Bull, o touro de bronze que fica em Bowling Green Park (pertinho da Wall Street). Diz a lenda que a pessoa que tocar nas “coisas” do touro terá muita sorte e prosperidade. Logo, prepare-se para enfrentar uma filinha e um pequeno tumulto de gente querendo ser fotografado pegando nas partes baixas do bicho.

Memorial do World Trade Center (foto)
É muito estranho falar desse lugar. O espaço que foi construído onde anteriormente ficavam as Torres Gêmeas é lindo, muito bem cuidado, organizado, com muito verde. Mas é desolador. É triste, tem uma energia bem pesada, e provavelmente você também não vai conseguir tirar uma foto sua no lugar. Isso aconteceu com a gente. Tiramos fotos do monumento, das árvores, mas não tinha clima para sair sorrindo na foto. É um lugar que vale a visita, e faz a gente refletir sobre muitas coisas.

Century 21
Não é um ponto turístico, mas para mim é parada obrigatória se você quiser aproveitar sua visita à Nova York para fazer compras. Tem roupas femininas e masculinas, óculos, maquiagem, bolsas, pijamas, perfumes, ufa! Não se culpe se sair de lá com as sacolas cheias.

Empire States Building (foto)
Tem uma vista linda da cidade. É muito legar ver os carros pequeninhos passando nas ruas, a mais de 380 metros de altura. Dá para ver o rio Hudson contornando a ilha direitinho.


Dia 3

Museu de História Natural (foto)
Eu nunca vi um museu tão grande em toda a minha vida! Claro que ele nem se comprara ao Louvre em tamanho, mas como eu nunca fui ao Louvre, repito: eu nunca vi um museu tão grande em toda a minha vida! As instalações são impressionantes, e mesmos mortos de cansaço de tanto andar (visitamos TODAS as salas), não dava vontade de ir embora! Passamos mais de 4 horas no museu, e vimos tudinho, tudinho mesmo!


Central Park (foto)
Aproveite que você está no Museu de Historia Natural e visite a casa do John Lenon (é pertinho), atravesse a rua, entre no Central Park e tire fotos na área chamada Strawberry Filds Forever. Sempre tem gente por ali tocando violão e homenageando esse beatle tão famoso.


Dia 4

The View (foto de um dos buffets)

O The View é um restaurante giratório no alto do Marriott Marquis, na Times Square. Nosso 4º dia em Nova York foi num domingo, exatamente quando eles servem o brunch mais legal do mundo: você paga por pessoa, como o quanto quiser e ainda fica apreciando a vista dos prédios da Times Square enquanto restaurante gira, do alto do 47º andar. Recomendadíssimo!

Broadway (foto)

Não dá para ir a Nova York e não ver um espetáculo da Broadway. Vimos “O Rei Leão”, que é idêntico à historia contada pela Disney, mas nem por isso deixa de ser impressionante. Vá a qualquer um dos espetáculos, vai valer muito a pena.


Dia 5

Rockefeller Center (foto)

O Rockefeller Center é um dos símbolos de Nova York. As bandeirinhas tremulando, a pista de patinação, o Prometheus (aquela estátua de bronze linda que nos remete instantaneamente ao filme “Esqueceram de Mim”), tudo é tão surreal que você facilmente vai ficar um tempão olhando aquela cena e pensando no quão sortudo você é.

MOMA (foto)
Essa é a hora que vão me jogar pedras. Mas não me julguem, gosto é igual nariz: cada um tem o seu. Nessa viagem, tivemos a certeza de que a gente não gosta de museus de arte, principalmente arte moderna. Passamos quase correndo em algumas salas, porque achamos muito chato ver obras de arte muuuuito loucas, e não queríamos perder tempo com as explicações do fone de ouvido. Enfim, se você gostar de arte, vá! O museu é lindo, espaçoso, organizado. A gente, por exemplo, gostou tanto que não foi em mais nenhum museu depois desse, rs...

Eataly (foto)

Para quem gosta de comida italiana, o Eataly é parada obrigatória. É um mercado gigante, onde você pode comprar tudo relacionado à culinária italiana: massas, molhos, azeites, livros, utensílios, e tudo o mais que você imaginar. Mas a melhor parte ainda está por vir: dentro desse mercado existem restaurantes especializados em pastas, pizzas, frutos do mar, tudo com o toque italiano. Perfeitos! Comemos uma pasta e uma pizza, e juro que foram umas das melhores coisas que eu já comi na vida.

Macys
Aproveite que é perto da Eataly e vá à Macys. Não vou ficar falando dessa loja aqui, são 8 andares que você vai degustar sozinho. Ah! Para quem gosta de itens para casa, não deixe de visitar o subsolo: os utensílios de cozinha são enlouquecedores!


Dia 6

Grand Central Terminal (foto)

Ela é linda, tem lojinhas incríveis e já apareceu em um tantão de filmes americanos. Se você estiver passando por ali, pode entrar e tirar muitas fotos (a luz lá dentro é incrível).

St Patrick Cathedral
Quando nós fomos, ela estava em reforma, mas ainda assim continuava bonita. Pegamos o finalzinho de uma missa lá (que acontecia no meio de vários andaimes e operários, hehehe) e eu, que adoro visitar igrejas, adorei tudo.

Trump Tower
Vá, entre, olhe e saia. Ostentação pura (blérgh!).

Fao Schwarz (foto)
A famosa loja de brinquedos do teclado gigante. Agora, só criancinhas podem brincar de pular nas teclas, mas é lindo vê-las se divertindo e “criando” música. Os brinquedos da loja são encantadores.

Apple Store
Claro que você vai lá tirar foto no cubo de vidro, mesmo que não compre nadinha da Apple. A loja é ainda mais linda à noite.

Central Park (de novo)
O zoológico do Central Park foi decepcionante. Não tem girafa, nem leão, nem hipopótamo, nem zebra (para quem assistiu Madasgar, uma tremenda frustração). O mais legal foi ver os pinguins nadando e andando daquele jeito tortinho. Mas, se você não é muito fã de bichos, nem precisa entrar lá. Visitamos também o Belvedere Castle, que aparece no filme dos Smurfs. A gente acaba se sentindo meio dentro do filme também, rs.

Top Of The Rock (foto da vista)
Para mim, a vista mais linda da cidade. Vou tentar fazer um post comparando o Top of The Rock com o Empire States, mas só para adiantar: ver o Central Park de cima é alucinante. E isso só o Top Of The Rock pode oferecer a você :)






Dia 7
Dia de arrumar as malas, talvez voltar a algum lugar que você gostou muito e tomar um sorvete na Coldstone. Beijo e boa viagem de volta!


29.8.13

Tudo bem por aqui?

8 comentários
E aí que hoje me deu uma vontade enorme de voltar a escrever por aqui...

Quanto tempo desde a última postagem, né? Apesar disso, as coisas continuam bem iguais (e boas!): namorado e eu morando no mini-apê, Lola xuxucando mais que tudo nesse mundo, eu me esforçando para fazer comidinhas cada vez mais deliciosas e me dividindo entre o trabalho na Dona Linha e o funcionalismo público. A grana para enfeitar o lar doce lar continua curta (dessa vez, por um bom motivo), mas meu sonho de casa continua vivinho aqui. Todo mundo atualizado? Então, vamos lá (:

O bom motivo da grana curta é que namorado e eu vamos fazer UMA das viagens dos nossos sonhos. Vamos para a Disney! E para Nova York! Vivaaaaa!!!


As passagens já estão compradas, os hotéis reservados, a programação está sendo definida e nós estamos super-hiper-mega-empolgados. Vamos ver o Mickey! Vamos andar de montanha-russa! Vou conhecer o castelo do Harry Potter! Vamos assistir Cirque du Soleil! Vou conhecer a Big Apple! Vamos ficar pobres! (mas felizes!). Bom demais, né?

Espero não demorar tanto para voltar aqui. Quem sabe mais umas comidinhas boas, umas diquinhas de viagem, umas comprinhas legais... Enfim, eu demoro, mas sempre volto.

12.3.13

Sobre os pequenos-grandes prazeres da vida

12 comentários

Ando numa fase muito gostosa de apreciar a beleza das coisas simples. O abraço, o carinho, a boa conversa, a lembrança, a comida fresquinha, a chuva refrescante. Tão bom, tão bom... Espero que essa fase não passe nunca ♥

E, com isso, cada área da minha vida vai se deixando levar por essa vibe mais leve, com olhos abertos para o que é bom e prazeroso. Foi assim com a casinha, que ganhou presentes novos, foi assim com minha vida, que ganhou amigos novos, foi assim com a Dona Linha, minha queridíssima lojinha, que ganhou produtos e técnicas novas (logo logo vocês vão ver as novidades), e foi assim com minha alma, que anda ganhando novos ares de calma, doação e afeto.

Nesse fim de semana, tudo isso ficou muito claro para mim. E eu estou muito, muito satisfeita com meus pequenos avanços. O quarto arrumado, agora com criados-mudos e roupa de cama linda, me sorri todas as vezes que passo por ele. Parece me convidar para um descanso, ou para uma leitura gostosa. A cozinha, cada vez mais visitada, não é só o lugar de onde saem delícias, mas sim, de onde vem o cheirinho do café fresquinho, da tortinha que vai alimentar o namorado que fez hora extra, do pão de mel que vai adoçar o lanche da tarde. E a tarde de sábado ainda me reservou uma surpresa maravilhosa (muito além desse bolo cheio de calda de chocolate da foto acima): conheci Dona Luiza, uma senhora de 74 anos com carinha de 54 (juro!), linda por fora e por dentro. Não me canso de agradecer a Papai do Céu pela oportunidade de viver momentos como esse... Dona Luiza é mãe de uma amiga e queria aprender a fotografar. E eu, que sei muito pouco sobre fotografia, fui lá munida de coragem para enfrentar essa tarefa desafiadora de ensinar o pouco que sei para uma pessoa que nunca vi na vida: uma senhorinha moderna que adora internet. E foi um encontro fantástico!

Por fim, minhas costurinhas, que são sempre um prazer. Combinar, costurar, arrematar, perfumar e embalar são sempre momentos mágicos para mim. E essas clutches aí da foto já viajaram até suas novas donas, em uma caixinha para lá de linda e caprichada. Espero que elas gostem :)

Por enquanto é só. Deixo o convite para vocês visitarem o site da minha lojinha e me acompanharem por lá também. Beijocas nas bochechas!

16.1.13

Comidinhas de fim de semana: muffin de nozes

9 comentários
Quem quer mais uma receitinha delícia de fim de semana levanta a mão!

A receita original é daqui, ó: Tudo Gostoso

Muffin de nozes
  • 3 ovos (claras e gemas separadas)
  • 1 xícara e 1/4 de açúcar
  • 1 xícara de margarina
  • 1 colher (sopa) de essência de baunilha
  • 1 colher (café) de sal
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 xícara de leite
  • 1 xícara de nozes picadas (eu bato no liquidificador até virar uma farofa, mas deixo alguns pedaços maiores também)
  • 2 colheres (sobremesa) de fermento em pó
Comece batendo as claras em neve. Depois, misture a margarina com o açúcar e o sal até que fique cremoso. Junte as gemas e a essência de baunilha e continue a bater. Coloque alternadamente o leite e a farinha de trigo peneirada com o fermento. Junte as nozes e as claras batidas em neve, mexendo delicadamente. Espalhe forminhas de empada sobre um tabuleiro e coloque as forminhas de cupcake dentro elas (encha, no máximo, até 2/3 da forminha, ok?). Leve ao forno pré-aquecido e asse até que ao enfiar um palito, ele saia limpo.

Momento "gordice": depois de encher as forminhas de cupcake com a massa, eu coloquei alguns pedaços de Baton (ou qualquer outro chocolate ao leite) no meio da massa. O chocolate derrete lá dentro e fica de-li-ci-o-so!

Sim, eu fiz o sacrifício de morder o muffin para te mostrar como fica por dentro. Sofri horrores!!! hahahahahaha


Essa receitinha faz parte do nosso livro virtual de comidinhas de fim de semana. Se quiser ver mais receitinhas gostosas e práticas como essa, é só clicar aqui.

27.12.12

Feliz 2013!

3 comentários

2012 está chegando ao fim e é hora de rever o ano que passou. Chego ao dia de hoje feliz por saber que a vida está melhorando, que fiz mais amigos, que me conheci mais, que amei mais, que me dediquei mais, que fui mais feliz. Claro que todos tivemos momentos de tristeza, de lágrimas, e até mesmo de desespero, mas eles passaram. Como tudo na vida.

E acredito que essa seja a lição que 2012 me deixa: tudo passa. Principalmente os momentos ruins, a falta de esperança, os desentendimentos. E essa é uma lição que estou aprendendo, aos poucos e a duras penas, mas tenho a vida inteira pela frente para ser, cada dia, uma pessoa melhor.

O ano que está chegando, novinho em folha, promete ser o ano de viver a vida e aproveitar cada momento. Viagens, planos, amor, vontade de rir até perder o fôlego, de curtir cada minutinho, de gargalhar bem alto e abusar da máxima “viver a vida intensamente”. É isso o que eu espero de 2013. Um ano feliz, com muitos amigos por perto, com muitos sonhos realizados e, principalmente, ao lado de quem eu amo de verdade. Quero chegar ao fim do próximo ano dizendo: “caramba, 2013 foi bom demais!”. E ele vai ser, com fé em Deus!

E, por falar N'Ele, aqui vai meu agradecimento especial: Papai do Céu, obrigada por não desistir de mim e estar sempre ao meu lado. Obrigada pela saúde, pela paz e pelo cuidado. Obrigada por sua presença em minha vida, mesmo quando eu nem mereço. Pretendo, cada dia mais, crescer na fé e ser luz para as pessoas.

Por fim, desejo um 2013 recheado de coisas boas. Desejo que os momentos felizes sejam infinitamente mais valiosos e numerosos que os momentos tristes. E que Deus ilumine cada passo e cada decisão nossa. Amém!

Beijo procês e Feliz Ano Novo!

14.11.12

Comidinhas de fim de semana: caponata de berinjela

4 comentários

Hoje tem mais "Comidinhas de fim de semana"! E a receita de hoje é muito gostosa, saudável e tem cara de sofisticada, mas é super fácil de fazer.

Caponata de berinjela
(receita original italiana)
  • 3 berinjelas pequenas
  • 1 pimentão verde
  • 1 pimentão vermelho
  • 1 pimentão amarelo
  • 3 cebolas pequenas
  • 1 xícara (chá) de azeitonas
  • 1 dente de alho
  • ½ copo de azeite
  • ½ copo de óleo de canola
  • ½ copo de água
  • Sal a gosto
  • Pimenta síria a gosto
  • Opcionais: uvas-passas, castanhas, alcaparras (dessa vez eu usei alcaparras e acho que vou tirar esse ingrediente dos opcionais e colocar nos obrigatórios, rs...)
O modo de fazer é muuuuuito difícil: corte tudo pequeninho, coloque em uma assadeira, junte os líquidos (azeite, óleo e água), misture e leve ao forno até que esteja macio. Eu deixo até que fique bonito, apetitoso e com o caldo reduzido. Delícia! Aí é só colocar em um potinho bem fechado, levar à geladeira e servir com torradinhas... Hummmmm!

Tudo cortadinho:azeitonas, pimentões (dessa vez não coloquei o amarelo), berinjela, cebola...

 Aqui á dá para ver o azeite ali no cantinho e a pimenta síria polvilhada

Olha nossa caponata no forno: os líquidos fervendo!

Caponata de berinjela prontinha para comer :)

Dica para a berinjela não escurecer: quando cortada, a berinjela tende a escurecer muito rápido. Para que isso não aconteça, é só colocar os pedacinhos de molho em água com vinagre. Aí, é só escorrer bem a água antes de usar a berinjela.

Que tal fazer nesse feriadão e degustar com a família, hein? Se fizer, me conta depois!

****

Tem post novo lá no site Dona Linha...Com fotinhas bem lindas do que anda acontecendo no ateliê ♥

Beijo e bom feriado!!!
 
PageRank