24.12.10

Prepare-se: hoje é Natal!

7 comentários
Imagem daqui.

É, esse ano a Síndrome da Correria Natalina me pegou. Não tive tempo de preparar minhas lembrancinhas crafts como no ano passado, nem de fazer tudo o que eu queria ter feito (Marcinha, aquele jogo americano do boneco de neve feito de fuxico - que você postou no seu blog - vai ficar para o ano que vem). Só ontem de madrugada consegui embrulhar os presentes das pessoas próximas. E, o pior, me sinto pouco preparada espiritualmente para essa data tão importante, pois fui absorvida pelo turbilhão de afazeres no trabalho e pela movimentação festeira característica dessa época.

Ou seja, hoje me dei conta que o menino Jesus nascerá novamente e meu coração ainda não estava tranqüilo para recebê-lo. Não hesitei e logo fiz uma oração, e hoje o meu dia será dedicado a me preparar para a chegada do Salvador.

Que esse espírito de renascimento possa chegar até você hoje. Que, antes dos presentes, haja amor. Que, antes da ceia, haja união. Que a paz e a esperança possa, verdadeiramente, reinar em nossos corações hoje e sempre.

Feliz Natal a todas vocês. Um beijo em cada bochecha e um abraço bem apertado! Ho-ho-ho!

10.12.10

Dia de assoprar 25 velhinhas!

12 comentários

Oi gente! Estou passando aqui rapidinho para dizer que hoje é um grande dia! Ou melhor, um dia grandioso! Hoje é meu aniversário!!!

Vocês já devem saber que a-do-ro fazer aniversário. Me sinto a pessoa mais importante e especial do mundo! E esse ano não é diferente! Tudo parece mais colorido e divertido neste dia!!!

Mas quero agradecer a cada uma de vocês, que fizeram com que esse ano fosse recheado de novas amizades. Vim também agradecer a Papai-do-Céu por estar sempre olhando por mim e me oferecendo Sua mão, quando eu preciso. Nesses 25 aninhos de vida, sei que Ele nunca me abandonou. Esse ano aprendi uma frase maravilhosa e quero compartilhá-la aqui com vocês: “A vontade de Deus não te leva onde a graça de Deus não te alcança”.

Pense nisso. Sempre!

Que esse dia feliz (para mim) seja feliz também para vocês!

Vamos aproveitar a sexta-feira, mulherada!!!

23.11.10

Jingle Bell, Jingle Bell...

10 comentários
Minha nova árvore de Natal!

Pois é, meninas, o fim do ano está aí e com ele a época mais linda, mais feliz, mais divertida, mais "família", mais luxo, mais tudo-de-bom do ano: o Natal!!! Vocês que me acompanham sabem que eu amo essa data maravilhosa (afinal, o menino Jesus nasceu, não é? Precisamos comemorar!) e que, por mim, passaria o ano inteiro inventando enfeites natalinos.

Vontade para armar a árvore eu já tinha, mas estava faltando tempo. Até que, no domingo, intimei o namorado (que no início ficou só olhando, meio bobo com meu entusiasmo, mas depois ajudou a pendurar bolinhas e lacinhos) e enfeitamos a casa.

Algumas idéias são bem tradicionais, mas a que eu mais gostei foram as bolas violetas em cima da mesa. E essas bolas têm história: comprei-as assim que as lojas começaram a oferecer produtos de Natal este ano. Pensei em encher minha árvorezinha de bolinhas douradas e violetas, para combinar com a parede berinjela. Ui, que luxo! Minha árvore era pequenininha (olha ela aqui), e essas poucas bolinhas seriam suficientes para ela.

Foi aí que mamãe, que não fica assim tão animada com o Natal quanto eu, disse que a árvore dela estava muito feia e iria para o lixo. De-ses-pe-rei! A árvore dela é enorme perto da minha!!! Vocês acham que eu ia deixar uma árvore de Natal ir para o lixo assim, coitadinha? Claro que não! Passei a mão na árvore e trouxe para a casinha (olha a foto dela aqui em cima, já enfeitada).

E aí vem a segunda parte da história: a cunhada, que está de casa nova, estava louca por uma arvorezinha de Natal. E eu, sem pensar duas vezes, cedi minha pequena árvore para ela enfeitar a casinha. Assim, ficamos nós duas felizes, né?

E o que as bolas violetas têm a ver com tudo isso? É que eu comprei pouquíssimas bolas, só para a árvore pequenininha mesmo. E como minha árvore tomou chá de fermento e cresceu, aquelas poucas bolas sumiriam na árvore maior. Resultado: foram reaproveitadas e se transformaram em um lindo arranjo natalino.

Enfim, depois de tanto lero-lero, dê uma olhada nas fotos da casinha enfeitada:

Olha aí as bolas violetas fazendo bonito perto da parede berinjela!

O fogão novo (presente da mamys) também não escapou da decoração.

O móvel da sala ficou com ciúmes e também ganhou uma árvore de Natal.

Muito bom ver a casinha respirando Natal... E seu eu disser que ainda não acabou, vocês acreditam? Falta ainda montar o presépio (aquele lindo e cheio de emoção, com participação especial do meu super-pai) e costurar todas as coisas que eu separei para esse Natal. Tem jogo americano, toalhinha, mais enfeitinhos para a árvore... Ixi, acho que até o Natal que vem eu termino, rs...

11.11.10

Copos para a casinha

13 comentários
Tem um ditado que diz: "Quem tem amigos não morre pagão". Gosto muitíssimo desse provérbio, acho profundo e muito verdadeiro. Em vários momentos da minha vida pude perceber como uma mão amiga se estende no meio da confusão, ou como uma pessoa próxima te oferece exatamente aquilo que você estava precisando. Impressionante, não é?

E o que isso tem a ver com os copos do título? É que, com o fim da reforma, várias colegas de trabalho me cobravam quando seria a "inauguração" da casa nova. E eu dizia: assim que eu comprar os copos, porque na reforma os pedreiros acabaram com quase todos (me restaram apenas 3... E se eu for contar só a mulherada da empresa lá se vão 13 meninas). Ou seja, precisava primeiro comprar os copos para depois convidá-las. Mas eu não queria qualquer copo: queria um bom, bonito e barato. E ainda não havia achado.

E não é que uma dessas mocinhas, a Flavia, resolve me fazer uma surpresa? Ela me chamou em sua sala e disse, com uma voz tímida: "Eu ouvi você dizendo que ainda não tinha copo, vi esse conjuntinho na loja e achei a sua cara. Aí comprei para você". Pode isso, gente? Assim eu me desmancho tooooooda! E, para completar, a Elis, companheira de sala da Flavia, coincidentemente também havia comprado um conjuntinho de copos para mim, no mesmo dia. Resultado: hoje tenho mais de 14 copos em casa. E numa tacada só!

Coisa mais fofa! (é normal a gente namorar as coisas da casa assim? Já ouvi falar de gente que faz carinho na mesa de jantar...)

Esses copinhos com florzinhas coloridas na base foram presente da Flavia. E os copinhos foscos com rosas amarelas, da linha Vintage, foram dados pela Elis.

Agora me diz: o ditado aí de cima está certo ou não está? No meu caso ainda dá para dizer: quem tem amigas, não fica sem copos! :-D

Beijocas em todas as bochechas e bom feriado para todas nós!

PS: A casinha ganhou alguns outros presentes. Mostro nos próximos posts, tá?

6.11.10

A casa depois da reforma

20 comentários
Que coisa boa poder voltar para o bloguito! Depois de quase dois meses sumida, cá estou, com energia renovada e muuuuuitas fotos pós-reforma para mostrar para vocês.

Passei um perrengue danado com o pedreiro no fim da obra. Acho que namorado e eu nunca passamos tanta raiva na vida. Mas, como tudo na vida passa, essa raiva também já passou. E, com o fim da reforma, só restaram os momentos gostosos de curtir a casinha nova.

Como vocês devem estar curiosas para saber como ficou tudo, aí vão algumas fotos fresquinhas da melhor parte da reforma: a hora que ela acaba!

Eis aí a cor da parede de entrada! Berinjela Profundo, da Coral, bem "a la Mari Mari".

Taí, para vocês verem que eu não tô mentindo. Agora, já imaginou quando a mesa for de vidro e as cadeiras bem clarinhas? Será um lindo contraste.

Cabideiro novo para os paninhos de prato. Como eu ainda estou na fase de ciúmes das paredes (evito a todo custo fazer qualquer furinho), a solução foi colocar vários imãs atrás do cabideiro e pendurá-lo na geladeira. E não é que funcionou?

Olha ele aí de pertinho: estava namorando um desses há um tempão...

A lavanderia também já está enfeitada: uma florzinha linda, que o namorado me deu com todo o amor e carinho do mundo.

O banheiro e as pastilhinhas verdes, um dos xodós da casa. Com direito a orquídea para embelezar o ambiente.

Casa "nova" inspira a gente, né? Olha aí a cadeira que eu forrei com chita! Antes ela era estofada em marrom escuro, super sem-graça. Essa cadeira tem mais de 10 anos, acredita? Foi só trocar o tecido e ficou com cara de nova! Ah, nessa foto dá para ver bem como ficou o novo piso, depois de termos que abrir mão dos taquinhos...

E essa aí é a capa da minha máquina de costura quase pronta. Já-já mostro ela para vocês, com direito a novidade!

Ufa, quanta coisa nova, né? Depois de todos aqueles posts empoeirados e com cheiro de cimento, esse aqui está bem mais colorido e alegre, não acham?

Espero que entendam meu sumiço, eu estava tentanto "pôr ordem na casa". Mas agora não largo mais vocês!

Uma beijoca em cada bochecha e um abraço bem apertado em cada uma de vocês!!!

12.9.10

Fuxicos

21 comentários
Fim de semana gostoso, tranquilo e vagaroso, ao lado do namorado. Quer coisa melhor? Enquanto não trago novidades da reforma (não, ela ainda não acabou!), vou inventando fofurices para a casinha nova.


Ainda não sei bem o que fazer com esses fuxicos, só sei que vão para a cozinha. A Rosângela, do blog "O essencial para viver", fez peças lindíssimas com os fuxiquinhos dela, o que acabou me inspirando. Estou apaixonada por essa combinação de cores aí de cima. E o melhor é que combinarão perfeitamente com a cor da parede de entrada! :-)

Se tiverem sugestões bem fofas de aplicação dos meus fuxicos, podem me enviar que serão muito bem-vindas, ok?

Beijos em todas as bochechas e uma linda semana para todas nós!

1.9.10

Quaaaase acabando

11 comentários
Oi meninas! Vim atualizar vocês das novidades lá na obra. Separei por assunto para ninguém se perder, rs...


A novela do gesso

Eu já sabia que gesseiro tem fama de ser enrolado. Mas fomos tão bem atendidos pelo nosso fornecedor que chegamos a pensar que estávamos a salvo. Ledo engano... O cara nos enrolou por duas semanas, a obra chegou a parar por conta disso e tivemos até que dispensar os pedreiros por alguns dias. Fiquei brava, viu? Depender dos outros é uma coisa triste mesmo.

Depois de várias tentativas de falar com o gesseiro (que sumiu no mundo), ele finalmente nos atendeu e deu uma desculpa esfarrapada dizendo que não poderia fazer o trabalho, mas indicou um colega “muito competente”. Resultado: o novo gesseiro foi lá em casa, olhou, olhou, custou a entender o projeto e nos passou um orçamento três vezes maior que o orçamento anterior! Quase caí dura para trás! A casa estava perigando ficar sem teto de gesso. Lá em casa o gesso é uma necessidade (e não um luxo), pois existem canos e fios passando no teto.

Enfim, voltamos a ligar para o primeiro gesseiro, falamos do orçamento altíssimo e ele disse que ia resolver. Depois de muitas idas e vindas, ele mesmo resolveu fazer o serviço. Assim, passamos o sábado inteiro por conta disso. Nem posso reclamar muito, porque o serviço em si foi rápido (começou e terminou no sábado) e muito bem feito.

Gesso no banheiro. É um roda-teto bem simples, só para dar um charme.


Linha de sombra na sala de jantar. Chique de doer! rs...

Infelizmente a obra vai atrasar uma semaninha para acabar, pois precisamos esperar o gesso secar para poder emassá-lo e pintá-lo. Faz parte, né? Enquanto isso vamos adiantando o nosso segundo assunto.


A chegada das bancadas de granito

Eu contei que ganhamos as bancadas de granito de presente? Não??? Pois é, foi um baita presentão. Estávamos muito ansiosos para colocá-las no lugar, pois elas serviriam para delimitar os espaços que antes eram apenas ambientes vazios.

De início, escolhemos o Branco Itaúnas para o banheiro (eu queria um granito bem clarinho, que não ofuscasse as lindas pastilhinhas) e o Preto São Gabriel para a cozinha e a lavanderia. Depois, pensando melhor, decidimos usar o Branco Itaúnas em todas as bancadas: além de facilitar a vida do dono da marmoraria (que nos deu o presente), também não correríamos o risco da bancada da cozinha ficar “cheguei” demais. Isso porque, como quebramos a parede que separava a cozinha da sala, talvez uma bancada escura chamasse muita atenção.

Meu sogrinho querido nos fez o enorme favor de ir à marmoraria escolher a pedra (obrigada por tudo, sogrinho!), e fomos alertados que as manchinhas vermelhas do granito Branco Itaúnas viram manchas de ferrugem com o tempo, e que o mais indicado seria usar o Branco Siena para áreas molhadas (como as bancadas). Olha aí a diferença entre eles:

Branco Siena

Branco Itaúnas

Bem parecidos, né? Acatamos a sugestão e trocamos na hora. Fica aí a dica para quem está pensando em usar esse granito em suas bancadas ou outras áreas molhadas. Agora, vamos às fotos (de celular, para variar...):

Bancada da cozinha em "L". Aff, morri!

Bancada da lavanderia

Bancada e meia-parede de granito do banheiro. Olha as pastilhinhas aí, gente!

Lindonas, né? Ainda falta terminar alguma coisa. E ficaram enormes (elas têm 65cm de profundidade, enquanto o padrão é 55cm).

Por enquanto é isso. Semana que vem é a última semana de obra (se Deus quiser!), e aí vocês já vão descobrir qual será a cor da parede de entrada. Aguardem e confiem...

22.8.10

Um post menos empoeirado... e mais bonito!

9 comentários
Eu disse que o blog ia ficar meio monotemático, não disse??? Só falo da reforma! Mas é que está tão difícil arrumar um tempinho para postar que, quando eu consigo, só quero falar sobre isso! rs.. . E, finalmente, hoje tenho novidades lindas para mostrar!

Primeiro, pre-ci-so mostrar minhas pastilhas... LINDAS! PERFEITAS! SALVE-SALVE! Estou apaixonada, juro... Na foto não dá para ver direito, mas as pastilhas são aquelas de vidro, sabe? Escolhemos esse mosaico em verde, da marca Jatobá.


Diz aí: não ficaram um arraso???

O assentamento deu trabalho, e no "durante" eu jurava que ia dar errado. Já estava até conformada com pastilhas desalinhadas e com espaçamento diferente. Mas... não é que o senhor pedreiro conseguiu? Adorei tudo: as cores, o rejunte, a altura. Não poderia ter ficado melhor.

Agora, com vocês, a estrela da casa: nosso porcelanato! Ainda não está rejuntado - usaremos o tal rejunte epóxi (ai que medo!) - mas já dá para ter uma noção das maravilhas que ele está fazendo pela casa. A sala e a cozinha estão muito mais claras e parecem bem maiores. E todo mundo que entra lá fica babando no piso, rs... Já perdi a conta de quantos parabéns eu ganhei (hehehe). Até os pedreiros elogiaram!

O porcelanato escolhido foi o Lugano Clássico, da Revix.

Hoje, domingo, foi dia de cuidar da parte elétrica. Eu e meu super-namorado passamos o dia na obra por conta disso.

A idéia era transformar isso...

... nisso!

Depois de muitas mãos calejadas e alguns machucados, os fios ficaram organizadinhos. Mas... a instalação não funcionou. Alguma coisa deu errado no caminho. O namorado ficou todo triste, tadinho, deu até dó. Não faz mal: amanhã madrugaremos (mesmo!) na obra para acertar o que está errado e pronto!

Viram só? A reforma está saindo... e nós estamos adorando o resultado! Escolhemos tudo com muito cuidado e muito carinho, e eu não mudaria nadinha.

Recado para o namorado: não sei o que seria de mim sem você. Obrigada por tudo!

18.8.10

Azulejos nas paredes

7 comentários
Oi minha gente! Cá estou eu com notícias da reforma!!!

A novidade é que as paredes já estão devidamente azulejadas e emassadas. Ou seja, não tem mais lajota aparecendo. #graçasaDeus,né? O banheiro e a lavanderia também já estão com o piso colocado. No final de semana começaremos a colocar o porcelanato, e acho que já terei fotos do gesso do banheiro. Não reparem as fotos, tirei com o celular.

Uma das paredes do banheiro, a única que está totalmente rejuntada. Essa faixa de cimento é onde entrarão as pastilhas verdinhas mais lindas do mundo!

Outra parede do banheiro. Esse caixote de cimento aí é onde o futuro armário embaixo da pia ficará apoiado. O redondinho ali no chão é o ralo.

Coisa linda de Deus esse revestimento fosco... Idéia do namorado, claro!

Por falar em gesso, minha idéia é fazer o teto do banheiro parecido com esse da foto aí de baixo. É simples, neutro e sem muita frescura. Ou seja, apenas um detalhe delicado.

Gostou?

Ah, a cozinha também está um luxo. Olha aí:

Visão geral. Essa foto foi tirada antes de terminarem de emassar. Hoje à noite, quando fui lá ver, já estava tudo branquinho e o contrapiso já está pronto... Mas como a câmera do celular é uma boa porcaria, não consegui nenhuma foto decente dessa parede à noite...

Essa é a parte onde ficará a minha linda bancada em "L" em granito Branco Itaúnas, com direito a bancada seca e tudo o mais!

Por enquanto é isso. Em breve espero ter belas fotos do gesso e das pastilhas para mostrar. E tem mais: adivinha qual vai ser a cor da parede de entrada do apartamento??? Depois eu conto, depois eu conto...

Beijos nas bochechas!

11.8.10

Novidades da reforma

10 comentários
Pois é, mocinhas, podem brigar comigo porque eu sei que desapareci. E o pior: deixei vocês curiosas com relação à obra, pois só mostrei uma foto desde que ela começou. Eu sei, fui cruel! Mas estou aqui para me redimir e contar a vocês o que anda acontecendo.


A obra vai de vento em popa, graças a Deus. Essa é a foto mais atual que tenho para mostrar:



As paredes tiveram que ser todas rebocadas porque antigamente (lembrem-se que o prédio é bem antigo) pisos e azulejos eram colados com barro. Isso mesmo! E o barro vai apodrecendo com o passar dos anos, por ser um material orgânico. Resultado: quando o pedreiro tirava um azulejo, caíam quatro. Dava para tirar com a mão, sem precisar de ferramenta, de tão soltinho que estava.


Nem tive tempo de mostrar nosso projeto da cozinha e da lavanderia antes da reforma começar. Mostrei apenas o banheiro nesse post aqui. Mas esse projeto também já foi um pouco alterado, então depois volto para mostrar o antes e depois do banheiro. Outra mudança de planos radical foi derrubar a parede que separava a cozinha da sala, e então ganhamos uma cozinha + sala de jantar + sala de estar que vai ficar um espetáculo!


Agora, você não está sentindo falta de emoção nessa reforma, não? Uns probleminhas, uns imprevistos, qualquer coisa do tipo? Pois então, já tenho história para contar para vocês! Não sei se vocês se lembram, mas o plano inicial era apenas trocar revestimentos e bancadas de três cômodos do apartamento: banheiro, cozinha e lavanderia. Ponto final. Pesquisamos muito, choramos desconto, conseguimos ajuda de várias pessoas queridas e fechamos o preço final de quanto sairia a reforma. Eis que, numa bela quarta-feira nublada, a síndica me liga às 6h30 da manhã: “- Olha, tem uma água saindo aqui do seu apartamento que está descendo pelas escadas. Você pode vir dar uma olhada?”. Quase morri do coração. Quando chegamos lá, tinhas uns três dedos de água dentro da minha casa, e água jorrava pelos corredores do prédio escadas abaixo (e eu moro no 3º e último andar!). Parecia uma cachoeira!!! Para vocês terem idéia, tinha água na garagem do prédio, e o salão de festas – que fica no térreo – estava embaixo d’água!


Querem saber o que aconteceu? O ajudante do pedreiro decidiu tomar banho. Para isso, ele precisou abrir o registro geral do banheiro, que estava fechado porque eles já estavam mexendo com hidráulica e reboco. Assim, ao abrir o registro geral, saía água pelo buraco do chuveiro e pelo buraco da torneira. O ajudante teve a brilhante idéia de tampar o cano da torneira com uma sacolinha de plástico (dessas de supermercado mesmo) já que só iria utilizar o chuveiro. Tomou seu banho tranqüilo, ficou cheiroso e fechou o registro do chuveiro. Mas... esqueceu de fechar o registro geral!!! O que aconteceu? De madrugada a sacolinha não agüentou a pressão da água e se soltou do cano, e a água jorrou noite adentro (e apartamento adentro também).


Agora teremos que trocar o piso do apartamento TODO, porque os taquinhos incharam com a água e estão começando a estourar (lembra que o piso da casa era de todo de taco?). Tem bolhas gigantes no chão! Olha que coisa mais triste:


Eu adorava esses tacos... Foram uma das várias razões de ter escolhido exatamente este apartamento. Enfim, não adianta chorar pelo leite derramado, né? Paciência. Apesar de estarmos completamente pobres, agora teremos porcelanato na sala e laminado (chiiiiique demais, né?) no quarto. Pelo menos nunca mais vou ter que me preocupar com água dentro de casa.


Caramba, falei demais hoje, né? É a saudade! Aliás, ando sumida daqui e dos blogs de vocês porque estou instalada na casa do namorado durante a reforma. E meu computador não veio comigo... Então, fica mais difícil visitar vocês e atualizar o bloguito. Mas não fiquem tristes, porque sei tudinho o que anda acontecendo nos blogs de vocês porque recebo sempre as atualizações pelo Google Reader (êêêêê!!! Viva!!! Viva!!!).


Obrigada pelo carinho e pela força, meninas. Vocês são de ouro mesmo! E não me abandonem, tá? Continuem me visitando, mesmo que as fotos daqui sejam meio empoeiradas e cheias de entulho... pelo menos por enquanto!


Beijocas e bom restinho de semana para todas nós!

28.7.10

Foi dada a largada

18 comentários
E começa a reforma!!! Por enquanto não tenho fotos bonitinhas para postar, mas quer ver como anda minha casinha? Assim ó:

Você reconhece essa vista? É o meu antigo box, embaixo de escombros... Aquela paredinha de tijolos um dia já foi a pia do banheiro.

O plano é reformar banheiro, cozinha e lavanderia, trocando pisos, revestimentos, louças e metais e, ainda por cima, derrubando paredes. Como toda obra, várias alterações estão sendo feitas no meio do caminho, mas acho que o resultado final será bem legal.

Voltarei com mais fotos de entulhos por enquanto, mas espero em breve mostrar a parte bela da obra: a hora de enfeitar!

Beijocas nas bochechas!

20.7.10

Feliz Dia do Amigo!

14 comentários

Dia_do_Amigo Entrei na blogosfera por conta de uma amiga: a Ruby. Me encantei com o cantinho dela, passei a segui-la e a ficar ansiosa pela próxima postagem. Mas nunca, em momento algum, imaginei que esse mundo de blogs seria tão maravilhoso. Meu único objetivo era colocar para fora todas as minhas idéias (e naquela época elas fervilhavam!). Hoje, percebo que muita mais que leitoras, tenho aqui verdadeiras amigas. Que se divertem comigo, que se preocupam, que ficam felizes, que ficam tristes.

Para ser amigo, não é preciso estar perto, mas sim do lado de dentro do peito. E vocês estão aqui, bem dentro do meu coração. Nos meus dias mais tristes, um simples comentário deixava meu dia mais colorido. Nos meus momentos de angústia, venho até o computador e me distraio com vocês. E minha felicidade... ah, essa vocês sabem que eu compartilho com vocês sempre!

E é por conta dessa amizade que hoje vim aqui, no Dia do Amigo, para agradecer a cada uma de vocês, que participam da minha vida de forma tão carinhosa. Valeu meninas!

6.7.10

Sacolinha de viagem

15 comentários

Faz tempo que eu não divulgo um passo-a-passo aqui, né? Há alguns meses prometi mostrar como fiz a sacolinha de viagem, ou porta-lingerie, que dei de presente de aniversário para minha cunhada. Eu particularmente fiquei apaixonada pelo resultado, pois foi uma união bem-sucedida de bordado e patchwork. E o melhor de tudo: a aniversariante A-M-O-U o presente!*

* Eu não sei vocês, mas sempre que dou de presente algo que foi feito por mim fico um pouco nervosa. Nem todo mundo gosta de produtos artesanais, certo? E a cunhada é super-moderna, designer e tudo o mais... E não é que me surpreendi? No fundo, acho que quem ganhou o presente fui eu, ao vê-la tão contente!

Como eu queria que o tamanho final da sacolinha fosse 25x35cm montei a mistura de tecidos de forma a atingir essa medida. O bordado do meio media cerca de 15x15cm, e foi feito com base nesse risco aqui (já tinha postado ele aqui antes, lembra?):

heart-birds-and-flowers-we

Como a cunhada é muito alegre, eu queria que tudo ficasse bem colorido e com um ar moderninho. Depois do bordado feito, cortei as tirinhas de tecido que ficariam em volta para compor a sacolinha.

E também cortei um pedaço de algodão cru com 27x40cm para ficar na parte de trás da sacolinha. Resolvi fazer o patchwork só na frente, e deixar a parte de trás lisa.

Vamos organizar as informações? Você vai precisar de:

- 2 pedaços de tecido rosa xadrez medindo 7,5x15cm cada;

Foto3

-2 pedaços de tecido verde de bolinhas: um medindo 27x18cm e outro medindo 27x10cm;

Foto2

- 1 pedaço de tecido bordado medindo 15x15cm;

Foto1

- 1 pedaço de tecido medindo 27x40cm para parte de trás.

Esse é o esqueminha de como vai ficar:

Sacolinha1

1. Comecei costurando os pedaços de tecido rosa xadrez no bordado. Ficou assim:

passo1

passo2

2. Depois, uni os pedaços de tecido verde de bolinhas. O pedaço maior fica na parte de cima pois ainda teremos que fazer uma dobra lá no alto, por onde passará o cordãozinho que fechará a sacolinha. O menor fica na parte de baixo (esqueci de fotografar essa parte… sorry!).

passo3

3. Agora vamos unir o pedaço de 27x40cm, que é a nossa parte de trás.

Foto12 Foto11

4. Pronto, já temos uma sacolinha surgindo, certo?

Foto13

5. Fiz uma pequena bainha na parte de cima (dá para ver na foto anterior), apenas para dar acabamento. Depois, levei em um armarinho e pedi para bater o ilhós bem no centro, deixando uns dois dedos de distância da borda. Assim:

Sacolinha2

6. Dobrei o tecido que ficou acima do ilhós para dentro da sacolinha e costurei. Isso cria uma espécie de “tubo”, por onde passei o cordãozinho de cetim que fecha a sacolinha.

Sacolinha3

E o resultado é esse aqui:

DSC03183

Apesar da quantidade de informações, juro que é muito mais fácil do que parece. Escrevi muito porque tentei ser bem clara, assim as mocinhas que nunca se aventuraram na costura podem criar coragem e encarar o projeto. Quando eu comecei a me interessar por costura sentia muita falta de tutoriais bem mastigadinhos, que me ensinassem tudo de forma bem explicada.

Uma dica: Se você quiser simplificar, basta cortar dois pedaços de tecido com o mesmo tamanho, uni-los e depois fazer a dobra onde entrará o cordão. Faz assim: uma os dois peçaços de tecido e pula para o passo nº5, ok?

Espero que tenham gostado. E, se você se animou e resolveu fazer um, mostra para gente! Beijoca nas bochechas!

 
PageRank