27.6.11

Amor com amor se paga


Hoje o post é recheado com muito amor. Um amor que transborda e às vezes faz chorar de saudade, de vontade de estar perto, ou só de alegria em existir, mesmo.

Eu acho que sempre pensei com a cabeça dos meus pais. Sempre entendi os “nãos” de forma serena, como se eu realmente estivesse dentro da cabeça deles para compreender seus motivos. Mas eu também já fui adolescente um dia. Já achei que eles estavam errados (às vezes acho até hoje!), já discordei de muita coisa. Mas isso não significa absolutamente nada. Não diminui em nada o que eu sinto. Hoje eu me vejo completamente apaixonada pelos meus pais. Com um amor tão grande dentro de mim que dá vontade de pegá-los no colo e fazer todas as suas vontades, só para vê-los sorrir.

Sábado foi dia de chorar de emoção. Depois de passar 2 dos 4 dias de feriado com eles, chegou a hora de voltar para casa. Foram dias maravilhosos de muitos mimos, comidinhas deliciosas e conversas boas. Eles me levaram até a cidade vizinha para que eu pudesse pegar o ônibus, e, chegando lá, o ônibus já havia partido. Resultado: mais alguns quilômetros de estrada para alcançá-lo, e muitas risadas dentro do carro!

Depois da correria salta-do-carro-pula-no-ônibus, mandei um torpedinho para eles, agradecendo. E recebi de volta a mensagem mais linda do mundo: “De nada, você merece. Beijo, nós”.  Chorei de tanta emoção.

Papai e mamãe, amo muito vocês.

E, para completar a celebração do amor (porque hoje eu tô romântica, hein?), hoje é aniversário do meu irmão! Parabéns Gabriel! Que Deus ilumine sempre seus passos e te dê muita saúde. Pode ter certeza que a nossa vida ficou muito mais divertida depois que você nasceu. Love you, irmão!

7 comentários:

Claudia Pech disse...

aii amei o post de hoje!!

é muito bem ter uma família, mas o melhor mesmo é pertencer há uma!!!

uma ótima semana, que pelo jeito já começou bem!!

bjos

claudia pech

Rosana Remor disse...

Ah,amiga!!Vc me fez chorar!!É tão bom ter uma família né??Seus pais são o seu tesouro!!E parabéns pro Gabriel!!!Bjs e uma linda semana!!

Lígia Mendonça disse...

Oi, Nathalia! que post mega fofo e cheio de amor! Adorei a declaração ao seus pais, mto lindo!
Brigada pelo recadinho e visita lá no blog, apareça sempre, tá?!
E tô esperando ansiosa pelo sorteio... heheh
bjos

Veronica Kraemer disse...

Ná querida, e eu chorei de emoção lendo este post!!!
Que bonito tudo que vc. escreveu! Que relação mará a que tens com seus pais!!!
Parabéns pelo níver do irmão, eles são sempre nosso alicerce, né?
Beijosssssssssssss pra ti
Vero

Essa sou eu disse...

Que post lindo!!!
Pode publicar o texto quando quiser, viu?!?
Beijo:)
Janice

Halorna disse...

Oi Nathalia,
É a minha primeira vez aqui e eu fiquei praticamente com lágrimas nos olhos lendo o seu post.Também moro longe da família e ainda não me acostumei com isso e olha que já tenho filhos, marido...rsrsrs.Acho que essa saudade não passa nunca, só acalma!!Olha, já virei sua seguidora e vou aparecer sempre, adoro artesanato e tenho me arriscado em umas costuras por aí...Então venho me inspirar por aqui, viu!!Te convido a ir lá no meu cantinho, tá..beijocas
organizacaoarte.blogspot.com

Jane Soares disse...

Ah, menina! Primeira vez que visito seu blog e você já me faz chorar...
Lindo o seu amor..
E entendo perfeitamente cada palavra desse post, porque também sou completamente apaixonada por meus pais.
Um beijo pra ti e parabéns para seus pais, que souberam te criar com aqueles melhores sentimentos de um ser humano: amor e respeito.

Voltarei.
Bjs,
Jane

 
PageRank